Ir para conteúdo

Notícias

Raquel diz que vai fazer de Caruaru uma cidade mais inclusiva

A candidata à Prefeitura de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), que concorre pela coligação “Juntos por Caruaru” participou, na noite desta última quinta-feira (18), de um debate na Rádio Globo FM. A candidata falou sobre diversos temas de interesse do povo caruaruense e pregou que a cidade precisa de união e uma gestão moderna e inclusiva.
 
Nas considerações iniciais, a candidata foi perguntada por que deseja ser prefeita de Caruaru. “Sou servidora pública desde o início da minha carreira política, assumi cargos como de delegada da Polícia Federal, advogada do Banco do Nordeste e Procuradora do Estado. Podemos como servidor público interferir diretamente na vida das pessoas, nas casas das pessoas. Quero uma cidade que seja inclusiva, que faça a união da periferia com a zona rural e o centro da cidade”, disse Raquel.
 
Durante o debate, foram direcionadas para Raquel diversas perguntas, tanto dos outros candidatos, como dos ouvintes e também dos convidados, entre elas sobre sua proposta em relação ao tema Mobilidade Urbana. “Setenta por cento dos usuários usam o serviço público de passageiros. Precisamos inverter a lógica de mobilidade. Vamos construir ao lado da linha férrea uma ciclovia e criar linhas de ônibus exclusivas para que andem pelas periferias sem passar, necessariamente, pelo centro da cidade”, respondeu.
 
Já sobre a Zona Rural, Raquel destacou o seu projeto de pré-campanha, o Mobiliza Caruaru, que andou por todas as regiões do município. “No nosso governo as atenções serão dadas em todas as áreas da cidade. Andei a cidade inteira com o projeto Mobiliza Caruaru. Colhemos mais de 500 demandas, tivemos a participação de pessoas pela internet, em plenárias territoriais, que nos disseram o tempo inteiro da dificuldade de se sentirem excluídos da cidade e da falta de atenção do município ao morador da Zona Rural. Os equipamentos públicos que faremos aqui na cidade também serão construídos, dos melhores, na Zona Rural, como creches, praças públicas, urbanização dos espaços públicos, construir e abrir estradas e garantir assistência ao pequeno produtor rural”, falou.
 
Em relação à Feira de Caruaru, a candidata tucana afirmou que seu posicionamento é de transferir a feira para beneficiar especialmente o feirante e o comprador. “A minha primeira ação é de organizar a feira de onde ela estar. Garantir a infraestrutura necessária que é preciso ter, como banheiros, iluminação, segurança, câmeras de monitoramento e poder criar um órgão específico na prefeitura que garanta uma gestão participativa e democrática e saiba de onde está indo a arrecadação que é feita na feira. Depois, vou transferir a feira de graça para aqueles que não podem pagar. Já aqueles que são lojistas terão espaços para poderem criar o seu empreendimento, através de linha de crédito. Isso é possível junto a capacidade que nós temos de articulação política, buscar financiamento, apoio dos ministérios e apoiado também no orçamento da cidade de Caruaru”, disse.
 
Em suas considerações finais, Raquel Lyra parabenizou a Rádio Globo FM e o apresentador Mário Flávio pelo debate democrático entre ela e os candidatos Jorge Gomes, Erick Lessa e Tony Gel e afirmou que continuará sua caminhada de forma limpa e respeitosa. “Muito feliz em poder trazer para Caruaru propostas para os próximos anos. Iremos unir Caruaru em torno de um projeto sabendo que podemos fazer muito mais pela nossa cidade. Vamos deixar um pouco de lado a cor partidária e enxergar quem precisa com mais participação”, concluiu. Do lado de fora do prédio, a candidata foi abraçada pela animada militância.