Ir para conteúdo

Notícias

Raquel Lyra apresenta suas propostas em uma série de debates

Desde o começo desta semana, a candidata a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), participou de sabatinas e debates, realizados nas rádios Jornal Caruaru e Cultura do Nordeste, no Centro Universitário UNIFAVIP, na Câmara dos Lojistas (CDL) e na Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (ACIC). Ela apresentou propostas de seu Plano de Governo sobre educação infantil, mobilidade, segurança, revitalização do centro, melhorias na zona rural da cidade, entre outras.

Nesta sexta (21), em debate na Rádio Cultura do Nordeste e na última quarta-feira (19), na Rádio Jornal, Raquel falou sobre as 8 mil vagas de creches que pretende criar em Caruaru para ajudar na educação infantil. Dentro do tema, ela também abordou sobre o direito de resposta que ganhou na Justiça Eleitoral pelo fato de seu oponente ter distorcido informações sobre sua atuação enquanto secretária estadual da Criança e da Juventude.

"Ganhamos 12 inserções da Justiça Eleitoral para mostrar que reequipamos todas as creches de Caruaru, através da ação que fiz como secretária do governo Eduardo Campos, podendo trazer aqui os parques internos e externos, fogão industrial, geladeira, berço, cama, e a duplicação da capacidade de atendimento da creche Tia Carminha. No meu governo, vamos criar mais 8 mil vagas nas creches para que os pais possam deixar seus filhos num lugar seguro e que também possam trabalharem com tranquilidade", explicou a candidata.

Ainda na Rádio Cultura do Nordeste, Raquel falou do trabalho que pretende fazer em beneficio das pessoas que moram na zona rural da cidade. “Estarei presente em cada lugar da nossa cidade e da zona rural, levando as soluções que Caruaru precisa. Vamos trabalhar para levar educação, saneamento básico, água - que é tão necessária para o pequeno produtor rural – e qualificação profissional, como já estamos fazendo, com emenda parlamentar, através de cursos de corte e costura. As pessoas de Caruaru querem viver bem onde elas moram e ninguém vai ter que mudar de lugar para ter uma oportunidade”, ressaltou. 

Alguns temas em comum foram debatidos na UNIFAVIP, CDL e ACIC, entre eles o da mobilidade, da segurança e revitalização do centro da cidade. Nesses lugares, Raquel pode explicar para o público presente seu projeto sobre a descentralização dos ônibus, da “Via Parque” e requalificação do centro de Caruaru, com mais segurança para os comerciantes e compradores que circularem pelo local. 

“Queremos criar a Via Parque, uma ciclovia permanente que utiliza a linha de férrea, integrando 14 bairros de Leste e Oeste da cidade. Também vamos descentralizar o serviço de ônibus com terminais rápidos de embarque e desembarque sem necessariamente passar pelo centro da cidade, para evitar que o cidadão gaste mais dinheiro com passagens. Em relação à revitalização do centro, vamos garantir iluminação, maior número de guardas municipais e câmeras de monitoramento em locais de maior fluxo e ocorrências”, explicou Raquel.