Ir para conteúdo

Notícias

Raquel mostra propostas para empresários e lojistas de Caruaru

Raquel Lyra (PSDB) mostrou, na noite de ontem (13), sua capacidade técnica e política para discutir desenvolvimento econômico e social em duas oportunidades. A candidata a prefeita de Caruaru esteve reunida com empresários e lojistas da cidade na Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE) e, logo depois, no Sindicato dos Lojistas do Comércio de Caruaru (Sindloja). Em ambos os encontros, ela fez uma apresentação do seu Plano de Governo para os próximos quatro anos e falou de assuntos de interesse da categoria.
 
Na FIEPE, no debate nomeado de Diálogo da Indústria, a candidata respondeu perguntas dos associados, entre elas sobre o setor da micro e pequena empresa. “Temos um enorme potencial instalado na nossa cidade e também o potencial de trazer outros empreendedores pelo grande polo educacional, pelo Armazém da Criatividade. Temos a capacidade de incubar empresas, de trazer novas tecnologias de moda, designe e de outros seguimentos. Por isso, vamos garantir qualificação profissional, investir em educação, facilitar os processos de licenciamentos e nos aproximarmos dos empreendedores que estão gerando emprego e renda na nossa cidade”, disse.
 
Raquel também falou de suas propostas para a mobilidade em Caruaru, com a criação da Via Parque e a descentralização do transporte público. “As linhas de ônibus precisam ser conectadas entre os bairros vizinhos da periferia, sem necessariamente passar pelo centro, assim as pessoas podem economizar tempo e dinheiro. Dentro da mobilidade, também propomos a criação da Via Parque, projeto que aproveita a linha férrea para criar uma ampla faixa de ciclovia e faixa de pedestre abrangendo 14 bairros e beneficiando cerca de 150 mil pessoas, que poderão se deslocar sem veículo motorizado ou a pé”, explicou a candidata.
 
Já no Sindloja, Raquel teve uma longa conversa sobre a Feira da Sulanca e mostrou propostas consistentes que estão no seu Plano de Governo. “Já no nosso primeiro dia de governo vamos tomar medidas emergenciais, como limpeza, segurança com câmeras de monitoramento, iluminação pública e banheiros. Essa é o mínimo de estrutura necessária para que as pessoas possam trabalhar. Para isso, vamos criar uma Unidade Gestora dentro da prefeitura para dar transparência e que pessoas possam participar da discussão de prioridades. Em seguida, iremos transferir a Feira sem custo para os feirante que não podem pagar”, disse. A candidata também falou aos lojistas que vai fazer uma grande requalificação do centro da cidade, com mais iluminação, segurança e calçadas adequadas. 
 
Nos dois encontros da noite, durante as considerações finais, Raquel agradeceu a oportunidade, se colocou à disposição das entidades e prometeu fazer uma gestão eficiente, transparente, com metas, indicadores e resultados. “Estarei sempre aberta ao diálogo com os diversos setores da sociedade organizada”, frisou.